Como garantir uma tradução simultânea ainda melhor

A tradução simultânea é essencial para eventos internacionais, nos quais mais de uma língua será falada. Mas será que só contratar um tradutor já basta? Confira aqui nossas dicas para garantir que a tradução simultânea de seu evento seja impecável.

– Ao escolher o fornecedor, verifique se é possível obter os nomes dos tradutores que atuarão em seu evento e pesquise mais sobre eles. Existem muitas empresas de tradução simultânea com excelentes profissionais, mas como sempre falamos aqui, vários fatores podem influenciar no resultado final.

– Sonorização: essa deve ser sua segunda preocupação depois de contratar a empresa.O ideal é que o equipamento de som seja fornecido pela mesma empresa de tradução simultânea, mas se isso não for possível, tente ao menos obter toda a sonorização com o mesmo fornecedor. Isso ajuda a evitar problemas e dificuldades técnicas que possam afetar o trabalho do intérprete.

– Para o palestrante, o melhor é optar por um microfone de lapela sem fio. O microfone de mão pode dificultar o trabalho do tradutor, pois se o palestrante gesticular o som recebido pelo intérprete será falho.

– O posicionamento da cabine também é essencial. Ao contrário do que alguns organizadores de evento possam acreditar, ela não deve ficar escondida. O intérprete precisa conseguir ver o palestrante, a plateia e os slides.

– Água! Já pensou ficar falando horas e horas sem parar? Você provavelmente fornecerá uma garrafinha ou copos de água para o palestrante; faça o mesmo com o tradutor. Afinal, ele falará o mesmo (se não mais) que o palestrante.

– Para melhorar a concentração do intérprete, evite colocar cadeiras de convidados muito próximas à cabine ou aparelhos de filmagem dentro da cabine.

– Se alguém de sua equipe compreende a língua e puder ouvir a tradução, solicite que a pessoa ouça atentamente. Se achar que certo termo deveria ser traduzido de outra forma, ela pode (e deve) corrigir o intérprete. Tudo para evitar erros.

– Peça aos palestrantes que enviem com antecedência o material para o preparo dos intérpretes. Isso inclui apresentações slides, script da palestra, artigos já publicados e até sugestões de sites. Quanto mais o tradutor souber sobre o assunto antes do evento, melhor.

– Também vale organizar uma conversa entre o tradutor e o palestrante, especialmente se o idioma não for muito comum, como chinês ou sueco. Isso ajudará o intérprete a conhecer melhor o sotaque e não ser pego de surpresa.

– Caso a sala escolhida esteja próxima de emissoras de rádio, televisão ou locais sujeitos a interferências de ondas de rádio, faça um teste com antecedência, para evitar imprevistos.

Esperamos que essas dicas sobre como garantir que a tradução simultânea de seu evento seja ainda melhor tenham ajudado você!